ANUFOOD Brazil reúne autoridades governamentais e representantes da indústria de alimentos e bebidas em sua abertura | ANUFOOD Brazil | Feira internacional para o setor de alimentos e bebidas

ANUFOOD Brazil reúne autoridades governamentais e representantes da indústria de alimentos e bebidas em sua abertura


post-thumb


Inaugurada hoje (9), no São Paulo Expo, a 2ª edição do evento tem 400 marcas expositoras, e deve receber mais de 10 mil visitantes até quarta-feira.

 

São Paulo, março de 2020 – Com auditório lotado de empresários, representantes dos governos estadual e federal e das principais entidades do setor de alimentos e bebidas,  foi aberta na manhã desta segunda-feira (9), a ANUFOOD Brazil – Feira Internacional Exclusiva para Alimentos e Bebidas que segue até quarta-feira (11) no São Paulo Expo. Para Cassiano Facchinetti, diretor geral da Koelnmesse no Brasil, organizadora da feira, a indústria alimentícia tem grande potencial para contribuir com um novo ciclo de crescimento do país. “A vocação do Brasil para a produção de alimentos e bebidas tem ganhado, cada vez mais, a atenção global. Diante desse cenário, o país merece um evento inspirado na Anuga, a maior feira do mundo em alimentos e bebidas”, disse.

 

Segundo Facchinetti, a ANUFOOD Brazil é a plataforma de negócios da mais alta qualidade para compradores nacionais e internacionais. “Agrifoods; Meat; Chilled & Fresh Food; Dairy; Drinks & Hot Beverages; Fine Food; Bread & Bakery: Organic; Sweets & Snacks; e Food Service. Nesses dez segmentos da feira os visitantes encontrarão fontes de inspiração e grandes oportunidades de negócios”. Também presente na cerimônia de abertura,  o CEO da Koelnmesse, Gerald Böse, ressaltou que a ANUFOOD tem como propósito apoiar e incentivar a promoção de negócios do setor de alimentos e bebidas brasileiras.

Um dos embaixadores do evento, o ex-ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, Coordenador do Centro de Agronegócios da FGV (Fundação Getúlio Vargas), lembrou que num futuro de médio e curto prazo o papel do Brasil será cada vez maior na segurança alimentar mundial. “Temos a missão de alimentar o mundo“. Uma tarefa que, para o ex-ministro da Agricultura, é viável.  “Disponibilizamos de tecnologia e gente capaz para cumprir essa meta”, disse. “Por isso, a FGV se uniu à Koelnmesse para mostrar nossa capacidade e expertise. Tanto que estamos, nesta feira, com quem faz acontecer. ”

Alexandre Jobim, presidente da  Abir – Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e Bebidas não Alcoólicas, afirmou que a ANUFOOD registra a punjança do setor de alimentos e bebidas no Brasil. “Nosso potencial é tão grande que mesmo em crises como as que estamos vivendo, o evento continua existindo e crescendo. E, neste momento, ainda é capaz de colocar o futuro do país em discussão”.

Para João Dornellas, presidente da ABIA – Associação Brasileira da Indústria de Alimentos, o setor representa a maior indústria de nosso país. “Ela processa 58% dos alimentos produzidos pela nossa agropecuária, em 37 mil empresas que geram 1,6 milhão de postos de trabalho”, afirmou. “Somente em 2019, geramos R$ 699,9 bilhões, algo em torno de 9,7% do PIB. E isso explica porque o Brasil recebe 2ª edição da ANUFOOD. Apesar de vivermos um surto de coronavírus, é um excelente momento para discutirmos importância do país que deverá apresentar um crescimento entre 2,5% a 3% este ano“.

Já o diretor de Gestão Corporativa da Apex – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, Edervaldo Teixeira de Abreu Filho, disse que o órgão está empenhado em ampliar a visibilidade da ANUFOOD. “Atuamos junto aos nossos parceiros e ao grande público no Brasil e no exterior, que podem ser alcançados em nossa rede“, garantiu.

O secretário da Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo,  Gustavo Junqueira, também enfatizou que “a feira tem o poder de atrair pessoas para conhecer nossa experiência de muitos anos. De importador de alimentos passamos a exportador. E o Brasil ainda vai crescer muito”.

Fernando Henrique Kohlmann Schwanke, secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo lembrou que  “a nossa agropecuária não cabe mais dentro do país”. “Somos estratégicos na segurança alimentar. Não existe agricultura sem que ela seja sustentável. A agricultura sustentável é um tema central para o Ministério e a ANUFOOD faz o papel de trazer o assunto para o debate”, afirmou.

Encerrando o evento, a secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, Patrícia Ellen, representando o governador João Doria, afirmou que o setor de alimentos e bebidas gera 1,3 milhão de vagas de trabalho no Estado e é o segmento que mais gera empregos no país. “É o setor que produz muita riqueza para nosso estado e nosso país. E é aqui, na ANUFOOD, que podemos fazer a diferença unindo fabricantes, produtores e compradores”.

A ANUFOOD Brazil tem patrocínio do Makro Food Service, da BRF e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

 

 

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 − quatro =